29 agosto, 2006

Roda de ciência: Ciência X Divulgação científica

O tal “X” da questão me incomodou desde o princípio: por que colocar a ciência em posição adversária à sua divulgação? Um erro essencial que, além de ocorrer, mostra a disputa entre categorias...

Dê um pulo lá no Pitáculos em Ciências, para ler mais sobre o assunto.

[]s,
Silvia

ciência e divulgação científica: uma comunicação possível?


Ainda estamos em Agosto... então aqui estão algumas impressões sobre o tema do mês.

Desde a iniciação científica, no início da década de 90, tenho formulado uma idéia – mais ou menos flexível – do que é a Ciência (fica a inicial maiúscula como reconhecimento do fascínio que esta palavra evoca em mim): um campo de intensa experimentação teórica e prática, calcado no raciocínio lógico, na argumentação sobre fatos, observações de causa e efeito, elaboração e teste de hipóteses explicativas, embebido na criatividade e na liberdade à formulação de idéias, cuja orientação mais ampla (ou seria presunção?) é a compreensão da Natureza, de como ela opera e de como pode ser explorada (ainda mais presunçoso, não?). Além da formação de novas idéias, há neste fenômeno humano de “fazer ciência” a formação de pessoas, recursos humanos capacitados para pensar e agir cientificamente, o que é algo ainda mais fantástico!
LEIA MAIS AQUI

24 agosto, 2006

Sobre Golfinhos, Cientistas e Jornalistas

Na recente matéria "Duas Notícias Interessantes", eu desanquei o cientista sul-africano Paul Manger, por conta de uma matéria da Reuters, publicada em "O Globo on Line", por conta das declarações que ele teria prestado ao jornalista.

Sabiamente, Caio de Gaia, me chamou a atenção para o fato de que eu não deveria desancar um cientista, baseado unicamente em uma notícia de jornal. Com a prestimosidade dos lusitanos, não só correu a ler o paper original, como me enviou um exemplar do dito

leia mais aqui.

23 agosto, 2006

A divulgação da SIDA no Jornalismo

Publiquei um post sobre divulgação de informação da SIDA nos Media portugueses. Pareceu-me interessante fazer uma chamada aqui no Roda, uma vez que é um caso específico de divulgação de ciência e está contextualizado no tema do mês.

O tema SIDA quase desapareceu da actualidade jornalística. Os motivos? Ao que parece está “fora de moda”.
[Ler mais]

Roda de ciência

Por enquanto, é só a apresentação do blog de discussão...logo mais virá o post com o tema do mês!

Se quiserem ver como ficou, visitem-me lá no Pitáculos em Ciências...

22 agosto, 2006

Convívio harmonioso

Seria importante incentivar cientistas a se aproximarem das pessoas leigas interessadas em ciência? Quais seriam os benefícios para ambas as partes?

Leia mais aqui

20 agosto, 2006

A divulgação científica dos impactos ambientais: problemática ou catástrofe?

Para poder estrear no Roda de ciência tive que adequar o tema proposto (Ciência X Divulgação científica) na minha área de interesse. Achei legal, pois sempre quis falar sobre este assunto e nunca tive uma oportunidade, ainda mais por ser complexo e contraditório: o questionamento dos verdadeiros impactos ambientais.

Leia mais aqui

19 agosto, 2006

Divulgação científica: o ponto de vista do "usuário final"

Este Blog não nasceu com a idéia de fazer "divulgação científica", mesmo porque eu não sou um cientista. A idéia era apenas tornar pública minha indignação contra tudo que anda errado, todo o mundo sabe quais são as soluções, só que ninguém faz... O próprio nome do Blog traduz bem a minha quase desesperança, acumulada nesses quase 56 anos de vida.

Leia mais aqui

Educação científica: pela divulgação eficaz

Gosto muito dos ScienceBlogs, uma iniciativa americana de blogs profissionais voltados apenas para o tópico "ciência", que abriga o blog de ciência mais lido do planeta, o Pharyngula. São 48 blogs (e crescendo...) nos assuntos mais diversos, de evolução a astronomia. Os ScienceBlogs estão agora entre os 100 mais populares do índice Technorati, e isso, para um assunto árido para muitos como ciência, pode ser considerado uma vitória.

(Leia mais aqui.)

18 agosto, 2006

Communication Breakdown: ciência × divulgação científica…

Oi Pessoal,

Minha contribuição para o Carnaval desse mês pode ser encontrada no seguinte link: Communication Breakdown.

Divirtam-se... :-)

Comentário - Dificuldades em divulgar biologia

Este post é um comentário ao texto publicado pelo Cais de Gaia no Roda de Ciência: Blogues e a dificuldade em divulgar temas de Biologia.

O blogue do projecto Caminhos do Conhecimento divulga informações sobre ciência, tecnologia, ambiente e sobre a actividade de comunicar / divulgar / popularizar estas áreas.

Confesso que pouco escrevo sobre ambiente e muito menos sobre tecnologia. Os principais motivos são a minha formação em Biologia / Ecologia e as minhas preferências pessoais nas ciências da vida.

No início, só escrevia sobre o que se fazia em Portugal, mas deixei-me disso, porque estava sempre tentada a escrever sobre o que se passava noutros países. As dificuldades de divulgar temas das ciências da vida são óbvias, mas... [leia mais ...]

Blogues e a dificuldade em divulgar temas de Biologia

Na Roda de Ciência, o tema do mês é a questão do jornalismo científico, divulgação científica, e o papel dos cientistas nessa divulgação. Embora a população leitora de blogues seja pequena, não é tão pequena como isso, e dá para retirar algumas conclusões sobre o real interesse da população pelos temas científicos. Notei que alguns são mais populares que outros. Os meus leitores parecem não se interessar muito por Biologia, o que me incomoda um pouco, pois cerca de 70% das minhas contribuições são sobre esse tema.[leia mais ...]

17 agosto, 2006

É possível fazer bom jornalismo de ciência?

O bom jornalismo de ciência, seja ele crítico ou divulgação de pesquisa, é raro. Mas que prazer encontrar um texto saboroso, informativo e instigante! Ou ver um texto ou programa de televisão levar alguém a se interessar por ciência, ou entender o que é afinal que seu filho faz.
[leia mais...]

06 agosto, 2006

Ciência versus divulgação científica

Um ex-professor meu me disse que ao virar jornalista de ciência eu estava enveredando por um caminho esquizofrênico, que é impossível conciliar o modo de pensar de um biólogo e de um jornalista. Será mesmo? Qual a importância de se divulgar ciência? É possível torná-la acessível ao público leigo sem que se perca o rigor?

Contabilizados os votos, temos:
  • 1 voto para a questão do jovem pesquisador no Brasil e no exterior
  • 2 votos para a internet na academia
  • 5 votos para ciência versus divulgação científica
Ganha, portanto, esta última. Acho bem adequado, como ponto de partida. Afinal, vem daí a relevância de estarmos aqui discutindo. Poremos as outras em votação de novo para o mês que vem. Será que mantemos só as propostas que tiveram votos, ou todas? Aceito sugestões...

Só para manter o padrão dos textos que estiverem aqui no Roda: usamos letra verdana, tamanho normal.

Mãos à obra! Quanto antes dermos nossos pitacos, mais tempo sobra para discutirmos até o fim do mês.


04 agosto, 2006

Vamos papear

A idéia de fazer espaços mais ordenados de debate flutua pelo ar blogosférico. Alguns exemplos são os "blog carnivals" e as mesas-redondas promovidas pelo Osame no Semciência.

A proposta para este espaço, que fiz ontem no Ciência e idéias, é um pouco diferente. Vamos escolher um tema por mês, sobre o qual quem quiser escreve um texto, conta uma história, mostra uma foto, faz um desenho, o que for. O grosso da publicação estará nos respectivos blogues, aqui poremos só resumos, ou chamadas com o linque. Proponho bloquearmos a possibilidade de comentários ao fazer a publicação nos blogues pessoais (no blogger sei que é uma opção fácil, logo abaixo da janela onde escrevemos). Na última linha da publicação, escrevemos algo como "deixe seu comentário aqui", com um link no "aqui" para esta roda.

A partir das experiências diversas, todos poderão conversar através das janelas de comentário. Quem não escreveu texto ou quem não é cadastrado no blogue também! E quem se cadastrar, não precisa escrever todo mês. A proposta é ter um ponto de encontro, não criar uma obrigação!

Quem quiser se cadastrar e fazer parte deste blogue comunitário, pode me mandar uma mensagem para mariamsguimaraes@yahoo.com.br. Os cadastrados são sobretudo blogueiros, afinal são as pessoas que descobriram esta forma de trocar idéias e gostaram dela. Mas se você não tem um blogue mas também quer publicar um texto, é só avisar. Nesse caso o texto inteiro ficaria aqui.

Abaixo, as sugestões para o primeiro tema de debate. Que tal votarmos? No domingo eu conto os votos e assim definimos o tema de agosto.
  1. Multidisciplinaridade
  2. a questão do jovem-pesquisador (incluindo questões sobre "se pesquisa de brasileiro feita no exterior é brasileira", "se pesquisa em colaboração BR/exterior é... o quê?" e assuntos similares, afinal, "o QUÊ é a tal Ciência Brasileira?")
  3. a internet na academia: tipo "the good, the bad and the ugly" (como se dá o benefício da comunicação e as distorções de uso - orkut, chats, e cia?! e onde o "blog" entra nisso?)
  4. ciência vs divulgação científica: a importância da comunicação
  5. patrulhismos em ciências: vários temas polêmicos (diferenças homem/mulher; questões de raça; QI; determinismo genético, etc)
  6. compartilhamento de idéias
  7. senso comum
  8. relacão ciência e arte
  9. A ininputabilidade (ou seja o fato de eles não serem punidos pela nossa Justiça) dos índios brasileiros
O design deste blogue é uma homenagem ao nosso sumido Osame. Quando vi essas bolinhas me lembrei das redes de elementos excitáveis que ele gosta de desenhar - são bolinhas interligadas de formas diversas. Os risquinhos que nos unem não estão desenhados no fundo da tela, mas é o que vamos fazer com nossas trocas de idéias.