10 novembro, 2007

Oceanos alterados

Ações humanas têm sido devastadoras no mar, na terra e no ar. Os oceanos, com sua imensidão e sua complexidade, são motivo para sérias preocupações. É o que mostra a série multimídia de reportagens "Oceanos alterados", publicada no ano passado pelo Los Angeles Times e ganhadora do prêmio Pulitzer de reportagem explicativa de 2007.

Leia mais no ciência e idéias.

4 comentários:

Fábio Prestes disse...

Prezado amigo,

Gostaria de convidá-lo para uma visita ao blog O Universitário de Física, dedicado aos estudantes de Física e amantes da ciência em geral. O blog publica artigos e entrevistas com cientistas e escritores da área científica. Os entrevistados dessa temporada são:

Paul Zaloom - o Beakman, de O Mundo de Beakman
Randall Knight - Físico, autor de Five Easy Lessons e Physics: A Contemporary Perspective
Leonard Mlodinow - Físico, autor de O Arco-Íris de Feynman e A Janela de Euclides

Entre os entrevistados pelo Universitário de Física também estão:

Eli Maor - Matemático, autor do livro E:A Estória de um Número
Steven Polloc - Físico, autor de audiobooks e do livro multimídia Thinkwell Physics I
Clint Sprott - Físico, apresentador do show The Wonders of Physics
James Burke - Criador da série de TV Connections (Discovery Channel)
Walter Lewin - Físico, Professor de Física do MIT
Peter Atkin - Químico, autor de livros didáticos e de divulgação científica
John R. Taylor - Físico, ganhador do prêmio Emmy pela série de TV Physics 4 Fun
Luís Carlos de Menezes - Físico brasileiro especializado em educação
Paul Hewitt - Físico, autor do livro Física Conceitual


E, nas próximas semanas, entrevistas com:

Keith Devlin - Matemático, autor de O Gene da Matemática
Miroslav Lovric - Matemático, autor de Vector Calculus
Elisha Huggins - Físico, autor de Physics 2000 e Calculus 2000
Bruce Sherwood - Físico, autor de Matter & Interactions


Espero que goste do trabalho.

Fábio

O Universitário de Física
http://universitariodefisica.blogspot.com

SM disse...

Fico extremamente triste cada vez que leio ou assisto algo a respeito dos efeitos da devastação sistemática do meio ambiente pelo homem. Triste pelo futuro desse homem que está cada dia mais cego pela ganância e pelo descaso. Pena que quem irá pagar o pato serão as futuras gerações...

João Carlos disse...

Parece que não, SM...

A coisa está tão feia que os efeitos já estão começando a se fazer sentir.

Quanto a este tema, eu estou na situação do filho do sultão que ganhou um harém novo... Não é que eu não saiba o que vou fazer: eu não sei é por onde começar...

Lucia Malla disse...

Maria, o mais triste é q as pessoas ainda vêem o mar como "secundário". Seja na questão do efeito estufa, na questão do overfishing ou da biodiversidade. Ao mar nunca é dada a devida atenção - e a maior parte do planeta é salgado! Imagine se não fosse...